A PANDEMIA APÓS A ÉPOCA NATALÍCIA

Atualizado: Jan 14


A pandemia de covid-19 parecia dar uma trégua no início do mês de dezembro de 2020 em Portugal. Os gráficos que indicam o número de novos casos da doença apresentavam uma certa estabilidade, o que deixou a população mais confiante e ansiosa pelas festas de Natal e Ano Novo. Porém, após o período natalício, o número de novos casos disparou e deixou os hospitais lotados de pacientes contaminados.


O número de contágios diários chegou a 10.000 por duas vezes nesta primeira semana útil do ano, situação que indicou a urgência de reduzir os contactos sociais e a necessidade de aprimorar as medidas de prevenção da doença. A fim de avaliar novas medidas de combate ao novo coronavírus, as autoridades portuguesas se reuniram com especialistas de epidemias e de saúde pública para tomar decisões sobre a publicação de novos decretos.


Desse modo, a partir de 15 de janeiro fica determinado o recolhimento domiciliário obrigatório, exceto deslocações autorizadas. O comércio não essencial e estabelecimentos culturais estão encerrados, assim como ginásios e recintos desportivos. Restaurantes, bares e cafés funcionam somente no modo de take-away ou com entrega ao domicílio. O teletrabalho volta a ser obrigatório e os serviços públicos funcionam apenas com marcação prévia.


As novas medidas permitem que supermercados e mercearias fiquem abertos, porém, a lotação não deve superar 5 pessoas por 100m². Também ficam abertos tribunais, consultórios, dentistas e farmácias. Creches, escolas e universidades continuam a funcionar em regime presencial, e as cerimônias religiosas são permitidas com respeito às normas da DGS (República Portuguesa).


Nesse momento, para a proteção de todos é muito importante respeitar as regras de confinamento: permanecer em casa, limitar os contactos pessoais, fazer deslocações somente se for necessário, fazer o uso de máscara, manter o distanciamento, higienizar as mãos e manter a etiqueta respiratória.


Para vosso conforto e segurança, a Fast Cleaning continua a atuar com limpeza e desinfeção de residências, condomínios e escolas. Temos equipas especializadas, trabalhamos com respeito aos os protocolos de saúde, utilizamos equipamentos de vaporização e produtos que eliminam os agentes de contaminação de doenças, inclusive o novo coronavírus. Entra em contacto connosco para obter mais informações e solicitar orçamentos.


Redação: Juliana Belga - Intertexto

0 comentário