METAS ALCANÇADAS



Portugal passou por 2 meses de medidas restritivas e lockdown com o objetivo de reduzir a disseminação da covid-19. Na última semana, a 15 de março, o Presidente aprovou um decreto com um plano de flexibilização do confinamento, depois que os índices de contágio, internações e mortes foram analisados por especialistas. Os últimos dados foram avaliados positivamente e indicam que as metas do Governo foram alcançadas. Mas, ainda assim, todos os cuidados devem ser mantidos.


Na primeira fase do desconfinamento, as aulas presenciais foram retomadas na pré-escola, no 1º ciclo e nas creches e alguns estabelecimentos de comércio de bens não essenciais retomaram o trabalho. De acordo com o Correio da Manhã, um boletim divulgado a 18 de março apresentava “uma redução de 18 doentes” e 187 pacientes covid internados em Cuidados Intensivos, “descendo abaixo dos 200 fixados em fevereiro como meta pelo Presidente da República para o desconfinamento avançar”.


Ainda de acordo com o Correio da Manhã, o Governo estabeleceu que o número de registro de casos diários deve ser inferior a 2 mil e o de internados abaixo de 1250. Felizmente essa meta também foi alcançada, já que o número de casos registrados a 18 de março era de 485 e o de internados era de 828.


Apesar da liberação de algumas atividades, todos os cuidados preventivos devem ser mantidos para que o plano de flexibilização, organizado em 4 etapas, continue a avançar. A desinfeção deve ser feita em todos os ambientes onde há circulação de pessoas e o uso de máscara é obrigatório, assim como o afastamento entre indivíduos deve ser mantido. A colaboração de todos é essencial para conter a pandemia.


A Fast Cleaning trabalha ativamente durante a pandemia para prevenir a disseminação do novo coronavírus. Realizamos serviços de desinfeção e limpeza profissional em residências, escolas, ginásios e estabelecimentos comerciais. Conte conosco para garantir uma limpeza de excelência, saúde e bem-estar a si e aos seus.




Redação: Juliana Belga - Intertexto

0 comentário